Município de Alenquer

Futurama - Constelação da Fisicalidade: Moços d'uma Cana e Mónica Calle (atriz e encenadora)


19 de junho de 202118:30
Futurama - Constelação da Fisicalidade: Moços d'uma Cana e Mónica Calle (atriz e encenadora)
Futurama - Constelação da Fisicalidade: Moços d'uma Cana e Mónica Calle (atriz e encenadora)

19 JUN | Centro de Artes e da Viola Campaniça | 18h30

Mónica Calle é encenadora, cenógrafa, atriz, diretora do teatro da Casa Conveniente. Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 1992, com “A Virgem Doida”, dá início ao projeto Casa Conveniente. Desde 2007 desenvolve um trabalho de formação/espetáculo em que mistura atores e não-atores. Em 2009 lança um projeto de formação de atores em meio prisional. Em 2013, “Os Meus Sentimentos”, eleito entre os dez melhores espetáculos do ano pelo semanário Expresso, e menção especial do prémio da crítica. Em 2013 o projeto migra para a Zona J de Chelas e cria um novo espaço - a Casa Conveniente / Zona Não Vigiada e regressa à ideia fundadora: trabalhar a partir da margem.

 

Os Moços D’Uma Cana nasceram em 2015 devido ao gosto pelo cante alentejano e pelo toque da viola campaniça de todos os elementos que integravam em 2011 o projeto da Escola Secundária de Castro Verde. Hoje em dia, os Moços D’Uma Cana contam com a edição de um Cd que tem como título “Nos bancos da minha Escola” que é também o nome da 1ª faixa, um tema original que descreve como o grupo teve origem. 

INSCRIÇÕES  ATRAVÉS DO LINK: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeF2sAENbm-47HCR8vaMSLM_WmPCWLBvk294aN1laXhbpto4A/viewform